A importância do faz de conta na Infância

As crianças adoram brincar de faz de conta, “trabalhando”, sendo um médico dos bichinhos e bonecas, cozinhando deliciosas refeições imaginarias, salvando o universo e até pilotando naves espaciais. A brincadeira de faz de conta começa por volta dos 3 anos e vai até 7, 8 anos ou mais.

O faz de conta é a maneira como ela começa a interagir com o mundo à sua volta e traz para a criança amadurecimento social, emocional, físico e intelectual. Quando ela brinca, representa papéis, cria interações e enredos.

Este brincar faz com que ela desenvolva uma série de habilidades motoras e psicológicas, ajuda a estreitar os laços familiares e a conhecer melhor o que a criança pensa, sente e como ela se expressa diante do mundo

Benefícios físicos: ao brincar, construir cenários, montar “casinhas”, alimentar bonecas, a criança desenvolve uma série de habilidades físicas motoras. Trabalha a interação motor-visual, psicomotricidade, coordenação espacial.

Benéficos Emocionais: criando seus cenários elas conseguem expressar suas dificuldades, contradições. Há um aumento da autoestima (com princesas, super-heróis) desenvolvimento de sentimento de segurança e proteção, independência, reconhecimento dos seus sentimentos através dos seus inúmeros “personagens”.

Benefícios Sociais: seja brincando sozinha ou em grupo, a criança aprende a colocar-se no lugar do outro, interagir e superar disputas, aceitar interferências em suas ideias, liderar e ser liderada. A importância de socializar em brincadeiras em grupos está sendo cada vez mais necessária, visto que muitos dos trabalhos necessitam um bom relacionamento em equipe, e cada vez mais trabalho cooperativos. Nesse faz de conta da vida real, as crianças criam expressões e regras que são compartilhadas com todos que estão envolvidos, é o momento em que ela pode aprender a explicar o que pensa e compreender as opiniões de outras pessoas.

Benefícios Intelectuais: em cada brincadeira, a criança extrapola seus conhecimentos e sua imaginação, criando histórias, personagens, situações. Seja criando um brinquedo de uma caixa de papelão ou construindo seu vulcão, ela está trabalhando e criando seu conhecimento. Ela resolve problemas, aprende matemática ao dividir a “comida” entre as bonecas, aprende tradições de sua família ou seu grupo social.

Para incentivar e proporcionar um Brincar cada vez mais divertido e saudável, a Mini Cientista criou algumas dicas :

Dando tempo: para desenvolver suas brincadeiras as crianças precisam de tempo, deixe seu filho brincar, seguir sua imaginação.

Brincar junto: lembra da suas brincadeiras? Entre no mundo da imaginação do seu filho e se divirta junto. Você aumenta o vínculo com ele e ainda passa a conhece-lo melhor

Ler histórias: ao ler histórias para as crianças, damos a elas chaves para novos mundos, novas criações. Qual menina que após ver um desenho ou uma história de princesa não criou seu próprio reino? Quantas Cinderelas, Peter Pans, Super-Homens, Magos e Sereias não estão nas brincadeiras infantis? Mostre histórias com finais diferentes, adicione finais não tão felizes. Nem sempre na vida tudo termina com “felizes para sempre”.

Criar suas próprias histórias: crianças adoram saber histórias sobre seus pais, sua infância e brincadeiras, compartilhe com ele. Além de aumentar o elo entre vocês, você vai dar a ele um conhecimento sobre as mudanças entre gerações. Ao explicar o que era uma fita cassete, como era a TV em tubo, você incentivando o conhecimento, e eles se surpreendem quando você diz que não tinha celular, computador e um canal de TV!

Incentivar a Criatividade: deixe-o criar. Fazer cabanas de lençóis, casinhas de caixas de papelão, fantasias com vestidos e sapatos da mamãe. Incentive suas ideias, suas pinturas, sua arte.

Fazer você mesmo: existem inúmeros brinquedos para incentivar o conhecimento e criatividade que você encontra na Mini Cientista, mas também infinitas possibilidades das crianças fazerem isso com o que têm em casa, à mão. Um foguete de garrafa pet, um carrinho de latinha. Você encontra centenas de ideias em blogs como Tempo Junto, Filhoterapia, Papo da Professora Denise, Manual do Mundo e dezenas de outros.

Jogar junto: existem centenas de jogos que podem ser jogados em família, alguns, como os de tabuleiro moderno, podem te fazer mergulhar em mundos diferentes, criar estratégias, trabalhar em conjunto. Uma sugestão ótima para continuar incentivando a imaginação nos maiores.

YO Fonte: noticias.dino

Clique aqui caso tenha interesse e necessidade de publicar nos Jornais de Grande Circulação do Rio de Janeiro como por exemplo O Globo, Extra e Expresso.

Clique aqui caso tenha interesse e necessidade de publicar  no Diário Oficial do Município do Rio de Janeiro.

Clique aqui caso tenha interesse e necessidade de publicar  no Diário Oficial do Estado do Rio de Janeiro.

Clique aqui caso tenha interesse e necessidade de publicar no Diário Oficial do Estado de São Paulo.

Jornal O ESTADÃO SP: Clique aqui para Publicar em Jornal de Grande Circulação no Estado em São Paulo.