Especialista relata as principais características de um bom líder

Um bom líder traz mais eficiência para a equipe e maior lucro à empresa.

O sucesso de uma empresa depende de líderes competentes para administrar o negócio e gerir uma equipe. Segundo Leila Arruda, Coach formada pela Leaderart International e coautora do livro “Coaching a hora da virada”, o bom líder deve buscar pelo equilíbrio entre resultados e gestão de pessoas, já que “não funciona mais aquilo de eu mando e você obedece.”

De acordo com a pesquisa realizada pela Aon (consultoria de benefícios e capital humano) com 54 mil profissionais, companhias que têm melhores índices de engajamento são aquelas onde os colaboradores vêm os gestores como bons líderes.

Os dados, levantados em 2016, mostram que, nas empresas bem engajadas: 77% dos colaboradores se sentem inspirados pela liderança em relação ao futuro dos negócios; 78% acreditam que os líderes tomam boas decisões; 76% entendem que os gestores se comunicam de forma aberta e honesta e 71% se sentem reconhecidos como os bens mais valiosos da empresa.

A Coach explica que “funcionários bem dirigidos e satisfeitos com a liderança, são mais bem aproveitados, geram menos desavenças e resultados melhores. Um gestor que se comunica e conhece a equipe, sabe como satisfazer o cliente e quanto tempo isso demora”.

Por isso, Leila listou cinco características que formam um bom líder:

1 – Escuta empática: Estar aberto para escutar a equipe faz diferença no papel de líder. “Um bom líder, antes de tudo, tem que ouvir primeiro. No final do dia, quem está atendendo o cliente, produzindo, criando, são os liderados. Não é uma boa escolha mandar sem perguntar a opinião profissional de quem está no dia a dia da empresa. Esse modelo não funciona, a realidade é outra.”


2 – Comunicação assertiva: Um bom líder deve ter uma boa habilidade de comunicação, ser objetivo, transparente e honesto. “Depois de escutar e entender o que está acontecendo, ele tem que ter uma comunicação assertiva, para orientar o colaborador a realizar as pendências. O líder deve conversar com os funcionários para atingir o objetivo do cliente.”


3 – Gestão de tempo: Possuir um senso de tempo e prioridades torna a equipe mais ágil. “O gestor deve perguntar quanto tempo o colaborador leva para realizar o trabalho, questionar se o tempo é viável e estabelecer datas possíveis. Quando a equipe não entrega um projeto a tempo, a culpa é do líder que não questionou de forma assertiva.”


4 – Ter objetivo: O gestor precisa saber qual o objetivo da empresa, do projeto e dos clientes. “O funcionário só consegue realizar um trabalho eficiente, se o gestor souber onde quer ir. Qual a meta da empresa? O líder precisa ter isso claro, se não a equipe fica perdida.”


5 – Entender os perfis: Outro aspecto importante, é saber diferenciar os diferentes perfis profissionais, e como trabalhar com cada um deles de forma eficiente. “O gestor precisa entender que todos têm facilidades e dificuldades. É saber colocar a pessoa comunicativa no atendimento, a mais focada na produção, a mais criteriosa na supervisão ou revisão, e assim por diante.”

 

A profissional explica que ter um Coach especializado ajuda o líder a tomar as decisões certas, alerta atitudes equivocadas e age como mediador em situações de insatisfação da equipe. Para isso, Leila usa reuniões, feedbacks, análises de perfis comportamentais e outras ferramentas para alinhar o líder e os funcionários para um trabalho mais eficiente.

“Tudo isso é possível com feedback 360 na equipe, Plano de Desenvolvimento Individual para todos da empresa e outras ferramentas que auxiliam a trazer objetivos claros à organização.” Leila possui o certificado do “International Leader Coach”, um programa da LeaderArt voltado para o treinamento de Coach especializado em Líderes. O curso é Canadense, mas possui uma reputação mundial e é considerado o mais completo treinamento na área.

 

YO Fonte: noticias.dino

Clique Aqui para conhecer o GAIP – Associação de Apoio e Intervenção em Psicologia, um espaço dedicado à promoção do bem-estar das pessoas, das famílias e da comunidade. Atendimento também via Skype: gaip.atendimento.

Clique aqui caso tenha interesse e necessidade de publicar nos Jornais de Grande Circulação do Rio de Janeiro como por exemplo O Globo, Extra e Expresso.

Clique aqui caso tenha interesse e necessidade de publicar em JORNAL DE GRANDE CIRCULAÇÃO em São Paulo como por exemplo Diário de São Paulo, Jornal Vendido em Bancas.

Clique aqui caso tenha interesse e necessidade de publicar  no Diário Oficial do Município do Rio de Janeiro.

Clique aqui caso tenha interesse e necessidade de publicar  no Diário Oficial do Estado do Rio de Janeiro.