Cores de lingerie para o verão

Saiba quais são as tendências para a estação mais quente do ano

Vem aí a estação mais quente do ano, o verão, que começa no dia 21 de dezembro de 2018 e termina em 20 de março de 2019. Para as mulheres não é somente uma época, mas sim, uma temporada de mudanças, dúvidas e em saber quais são as cores de lingerie que prometem ser tendências no mundo da moda íntima feminina.

Então, agora é a hora para vocês ficarem antenadas, descobrirem as cores e também modelos. Gustavo Justo, coordenador de marketing do Grupo Lutestil, fabricante da marca LUT Lingerie, conta que, a marca aposta em peças que serão tendências para tons “apastelados”.

“Para o verão, a moda íntima pede cores vivas, como o vermelho, por exemplo. Porém, tem uma forte tendência de cores que chamamos de “apastelados”, ou seja, cores puxadas para tons pastéis. Diante disso, pode apostar em cores como: coral claro, nude rosado, rosa claro, lilás claro e também o verde água. São cores que com certeza prometem”, revela.

A partir dessas cores, Gustavo ressalta que, a lingerie deixou de ser apenas uma peça básica e agora é fundamental na composição do look. “Se você gosta de mostrar a lingerie, o ideal é usar essas cores que citei no modelo Strappy que trará um ar mais de sensualidade.”

Gostou da dica? Quer saber mais? Então, acesse o site da Lutestil – http://www.lutlingerie.com.br para ver outras peças que também estão super em alta.

Sobre a Lutestil
Há 35 anos no mercado de moda íntima feminina, a Lutestil é uma importante marca que atende os maiores magazines do país e lojas de todo o Brasil, graças a sua elevada capacidade de produção mensal.

Website: http://lutlingerie.com.br

Fonte: Noticias.Dino

Clique aqui caso tenha interesse e necessidade de publicar nos Jornais de Grande Circulação do Rio de Janeiro como por exemplo O Globo, Extra e Expresso.

Clique aqui caso tenha interesse e necessidade de publicar  no Diário Oficial do Município do Rio de Janeiro.

Clique aqui caso tenha interesse e necessidade de publicar  no Diário Oficial do Estado do Rio de Janeiro.

Clique aqui caso tenha interesse e necessidade de publicar no Diário Oficial do Estado de São Paulo.