Afinal, existe mês certo para se casar? Confira algumas dicas

A cerimônia de casamento é um momento especial não só para os noivos, como também para cada um que faz parte da trajetória do casal.

E para que a comemoração saia perfeita, nada melhor do que pensar em cada um dos detalhes.

Entre os preparativos, um fator muito importante precisa ser levado em conta: a decisão da data do grande dia. Afinal, será que existe um mês certo para casar? Essa resposta é relativa, mas uma coisa é fato: alguns aspectos podem influenciar bastante na escolha do período ideal.

Saiba o estilo de casamento que deseja

Você quer um casamento tradicional, em um salão, ou prefere em um ambiente ao ar livre? Definir o estilo e ambientação da cerimônia é o primeiro passo a se considerar na hora de escolher o melhor mês.

Se a opção for por uma área ao ar livre, é de extrema importância considerar as condições climáticas. Janeiro, por exemplo, é um mês que faz muito calor e chove bastante, então para esse tipo de festa pode não ser a melhor alternativa, bem como o período de inverno, onde o frio é mais rigoroso. Já uma celebração em ambiente fechado não necessita de tantos cuidados nesse quesito.

Atente-se ao destino da lua de mel

Vai aproveitar a lua de mel para fazer uma viagem? Aproveite para verificar qual a melhor época do ano para visitar o destino para onde irá. Com base nela, o casal pode definir o mês do casamento e, de quebra, garantir um passeio inesquecível. Mas lembre-se de conferir se o mês também se enquadra nos outros fatores a serem considerados.

Verifique obrigações profissionais

Não importa onde você trabalha, parece que sempre existem aqueles períodos mais corridos, não é mesmo? Procure passar longe dessa época para a data do casamento. Quanto mais próximo seu grande dia estiver, muito mais ele precisará da sua atenção, então, o melhor é evitar o excesso de funções para não se estressar demais.

Se o casal conseguir se organizar para tirar férias em um mesmo mês, pode ser interessante considerá-lo como alternativa para a escolha.

Evite períodos de férias e feriados prolongados

Agora é a vez de pensar nos seus convidados. Optando por um mês em que muitas pessoas tiram férias do trabalho ou estudo (janeiro e julho são os mais típicos), as chances de ter o número de convidados reduzidos por ter outros compromissos é grande. O mesmo acontece com as datas no meio de feriados prolongados.

Entretanto, tenha calma! Caso uma dessas situações sejam sua única opção de data e não exista outra saída, procure enviar os convites com bastante antecedência. Isso fará com que os convidados tenham mais tempo para se organizar e pode diminuir as faltas.

MAFonte: Noticias Dino

Clique aqui caso tenha interesse e necessidade de publicar nos Jornais de Grande Circulação do Rio de Janeiro como por exemplo O Globo, Extra e Expresso.

Clique aqui caso tenha interesse e necessidade de publicar  no Diário Oficial do Município do Rio de Janeiro.

Clique aqui caso tenha interesse e necessidade de publicar  no Diário Oficial do Estado do Rio de Janeiro.

Clique aqui caso tenha interesse e necessidade de publicar no Diário Oficial do Estado de São Paulo.