10 dicas para entrar em 2018 livre de dívidas

Segundo dados divulgados recentemente pelo Serasa Experian, os inadimplentes somam mais de 61 milhões no país, sendo 4,45% a mais em comparação com a mesma pesquisa realizada em 2016. O montante alcançado pelas dívidas no nono mês deste ano foi de R$ 269,1 bilhões, com média de quatro dívidas por CPF, totalizando R$ 4.411,00 por pessoa.

De acordo com os economistas da Serasa, o aumento da inadimplência no mês de outubro é reflexo da data do Dias das Crianças, pois, normalmente em meses de datas comemorativas fortes, exceto Natal, porque tem o 13º salário, a inadimplência sobe.

O estudo também mostra que, em outubro 2017, a região com maior percentual de inadimplentes do país era a Sudeste, com 44,8% do total, seguida pela região Nordeste, com 25,5%. O Sul ficou em terceiro, com 12,7% dos negativados.

O especialista em educação financeira Uesley Lima, dá dicas para entrar em 2018 no azul. O primeiro passo para se ter mais dinheiro é encarar a real situação de nossa vida financeira, ter por objetivo o controle de nossas finanças pessoais, afirma Lima. Pensando no número de famílias brasileiras endividadas como mostra a pesquisa e para que esse número não aumente mais, o especialista separou 10 importantes dicas para começar o ano de 2018 com mais dinheiro no bolso.

1.Planilha de controle financeiro: nesta planilha, lançar todos os seus gastos financeiros, tais como, educação dos filhos, aluguel, energia elétrica e etc. Também lançar as fontes de renda..

2.Diagnóstico financeiro: a partir da planilha, teremos um resultado muito importante, se está sobrando ou faltando dinheiro para pagar as contas, não tenha medo de encarar essa realidade, mesmo no vermelho você deu o primeiro passo para o sucesso.

3.Encarando a realidade: para os que estão terminando o mês no vermelho, agora temos um novo desafio, arregaçar as mangas e partir para ataque, essa é hora da virada.

4.Classificar as dívidas: coloque em prioridade as dívidas que mais pesam, que mais consomem o seu dinheiro. As principais são Cartão de Crédito e Cheque especial.

5.Pagar ou renegociar: de forma emergencial (uma atitude realmente rápida) procure o gerente do seu banco, renegocie as principais dividas, ele estará disposto a fazer, se precisar faça um empréstimo pessoal com juros menor, para pagar os juros maiores. Economize no 13º salário, e tente o mais rápido se livrar das dívidas que sangram seu orçamento.

6.Cortar gastos: muito, muito difícil. Vivemos em um mundo onde a velocidade da informação é rápida, temos acesso a muitas coisas que incentivam a vontade de ter as coisas, e temos a sensação que precisamos comprar tudo, mas calma, respire. O objetivo é cortar o supérfluo, não compre o desnecessário. Se você está endividado, terá que pegar dinheiro emprestar para comprar, através de parcelas que podem te apertar depois, então pense duas vezes, saia da loja, e só depois tome a decisão de comprar. No final tente comprar à vista, junte dinheiro. Se fizer isto, vai poder comprar no futuro muito mais, e possivelmente melhor.

7.Dívidas controladas: com negociação das maiores dívidas e diminuição de gastos em pouco tempo seu orçamento ficará no azul, parabéns, primeira fase completada.

8.Não fazer novas dívidas: continue preenchendo sua planilha de finanças pessoais, e principalmente, não faça novas dívidas.

9.Dinheiro no bolso: Não demora muito se seguir todos os passos para ter suas finanças controladas, e passa a sobrar dinheiro para que possa investir.

10.Se planeje para investir: procure estudar formas de investir seu dinheiro, sem ser a poupança, existe diversas opções melhores para que você faça isso, comece 2018 com um novo rumo para suas finanças e se planeje para ter um ano diferente e com mais dinheiro.

AP Fonte: notícias.dino

Clique aqui caso tenha interesse e necessidade de publicar nos Jornais de Grande Circulação do Rio de Janeiro como por exemplo O Globo, Extra e Expresso.

Clique aqui caso tenha interesse e necessidade de publicar em JORNAL DE GRANDE CIRCULAÇÃO em São Paulo como por exemplo Diário de São Paulo, Jornal Vendido em Bancas.

Clique aqui caso tenha interesse e necessidade de publicar  no Diário Oficial do Município do Rio de Janeiro.

Clique aqui caso tenha interesse e necessidade de publicar  no Diário Oficial do Estado do Rio de Janeiro.

Clique aqui caso tenha interesse e necessidade de publicar no Diário Oficial do Estado de São Paulo.